Concurso Internacional de Redação de Cartas tem prêmios de até R$ 10 mil para estudantes

Concurso Internacional de Redação de Cartas tem prêmios de até R$ 10 mil para estudantes

12 de março de 2021 Off Por admin

Instituições de ensino de todo o país têm até o dia 26 de março para inscrever estudantes no 50º Concurso Internacional de Redação de Cartas, promovido pela União Postal Universal (UPU/ONU) e realizado no Brasil pelos Correios.

O objetivo do certame é melhorar a alfabetização de jovens por meio da redação de cartas, incentivando a expressão da criatividade e o aprimoramento dos conhecimentos linguísticos de crianças e adolescentes. Neste 50º concurso, os estudantes devem escrever uma carta a um familiar, contando sua experiência em relação à pandemia.

Para participar, escolas públicas e privadas devem selecionar, entre as redações de seus alunos, até duas cartas para representá-las na fase estadual. No Rio Grande do Sul, as instituições de ensino devem enviar os formulários com as redações e inscrições dos estudantes para:

Superintendência Estadual dos Correios no Rio Grande do Sul

Coordenação de Comunicação – CCOM

Rua Siqueira Campos, 1100, Ed. Sede – 11º Andar – sala 1101 – Centro Histórico, Porto Alegre/RS

CEP: 90002-900

A melhor redação de cada Estado concorre ao prêmio nacional, quando é escolhida apenas uma carta, que irá representar o Brasil na fase internacional. A escola e alunos vencedores podem ganhar prêmios de até R$ 10,5 mil e R$ 10 mil, respectivamente.

Todas as informações sobre o concurso, como regulamento, formulário de redação e ficha de inscrição estão disponíveis no endereço: https://www.correios.com.br/concursocartas.  

Escrever com o coração — O Concurso Internacional de Redação de Cartas completa cinco décadas em 2021, estimulando estudantes brasileiros a conhecerem e desenvolverem suas capacidades e talentos.

Esse foi o despertar vivido por Sara Luisa, do Espírito Santo, ganhadora nacional do concurso de 2019. “Posso dizer que ele me abriu os olhos para ver o quanto eu amo escrever. Afinal, foi a primeira vez que eu escrevi um texto sabendo que pessoas que eu não conheço iriam ler. Além disso, o concurso confirmou também, para mim, o quanto é importante ter a leitura e a escrita na minha vida”.

Sara dá dicas importantes para as crianças e adolescentes que querem participar concurso, como se preparar para o processo de redação, conhecer as regras e orientações do edital, pesquisar sobre o tema e, por fim, um conselho especial: “escrevam com o coração. As palavras tocam as pessoas de forma especial quando escritas com o coração”, garante Sara.

Concursos anteriores — Na disputa internacional, o Brasil já ganhou 3 medalhas de ouro (1972/1988/2006), 2 medalhas de prata (1978/1980), 2 medalhas de bronze (1992/2015) e recebeu menções honrosas em 2009, 2012, 2016, 2017 e 2018. Na classificação internacional, o Brasil só é superado pela China (5 medalhas de ouro).

Vale lembrar que o concurso de 2020 foi cancelado no Brasil, em decorrência da pandemia de coronavírus, que desencadeou o fechamento de escolas.