Município e Estado debatem cessão de área para a CASE

Município e Estado debatem cessão de área para a CASE

17 de agosto de 2018 0 Por prefeiturasa

Fundação de Atendimento Sócio Educativo defende a construção de uma escola para atender 120 jovens em terreno cedido ao governo estadual
Nesta quinta-feira, 16, o prefeito em Exercício Bruno Hesse, juntamente com o secretário de Administração Hélio Costa, recebeu o presidente da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Rio Grande do Sul (FASE-RS), Robson Luiz Zinn, o coordenador do Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE Santo Ângelo), Riade Mustafá, e a coordenadora da 14ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), Enida Teresinha Lange Sallet, para debater proposições relacionadas ao centro de atendimento de Santo Ângelo.
O tópico principal da reunião discutiu a reivindicação da comitiva da FASE, para a formalização do termo de sessão e uso do terreno pelo município onde está instalada a CASE em Santo Ângelo, para que o Estado viabilize a construção de uma escola com capacidade de atender até 120 jovens internos.
O prefeito em exercício, Bruno Hesse, destacou que a fundação estadual pretende investir R$ 1 milhão na área que pertence ao município, com a instalação da escola, e garantiu que o Governo Municipal fará o encaminhamento dos ritos legais para a cedência do terreno e a viabilização do investimento em Santo Ângelo.
A reivindicação fez parte da 6ª edição da Caravana da Socioeducação que passou pelo município nesta semana. O evento integra uma série de encontros que acontecem por todo o Estado, difundindo informações sobre a Fase e suas práticas para reabilitação dos adolescentes em situação de reclusão.
Fotos: Fernando Gomes