Palestrante destaca cultura empreendedora de Santo Ângelo

Palestrante destaca cultura empreendedora de Santo Ângelo

7 de agosto de 2018 0 Por prefeiturasa

Carlos Eduardo Aranha afirmou que o município está fazendo a sua parte, tratando como programa de governo o desenvolvimento tecnológico
Na linha de frente das iniciativas de inovação, o Governo Municipal, realizou na segunda-feira, 06, o segundo workshop abordando Gestão e Estratégia, trazendo para Santo Ângelo Carlos Eduardo Aranha, presidente da Rede Gaúcha de Ambientes de Inovação (REGINP) e gerente da Unidade de Inovação e Empreendedorismo da Unisinos (UNITEC).
Realizada no auditório do Centro Municipal de Cultura, a palestra contou com o apoio das entidades de classe e das instituições de ensino técnico e superior de Santo Ângelo, reunindo bom público interessado em saber mais sobre parques e incubadoras científicas e tecnológicas, ecossistemas de inovação, mecanismo de geração de empreendimentos, startups, o conceito de cidades inteligentes e empresas transformadoras.
Na abertura do evento, o prefeito Jacques Barbosa assinalou que o empreendedorismo é um campo bastante amplo e que inovar pode melhorar vários processos, inclusive o serviço público. “Estamos trabalhando com inovação e criatividade. Santo Ângelo tem uma população de fácil cooperação. Por isso estamos construindo um projeto de futuro para a cidade, com o apoio dos setores representativos da indústria, do comércio, da prestação de serviços e do conhecimento”.
Entre os projetos inovadores destacado pelo prefeito estão à instalação da Central do Bem, o projeto de modernização do sistema de iluminação pública da cidade, substituindo lâmpadas de vapor de mercúrio por luminárias LED, o projeto da instalação de uma fábrica de tubos de concreto com utilização de resíduos industriais, paradas de ônibus ecológicas e a organização de eventos que incentivem a criatividade e a inovação.
PALESTRA
Depois de explanar sobre parques e incubadoras tecnológicas e de como atrair empresas para estes locais, Carlos Eduardo Aranha fez abordagens de incentivo à criatividade e à cultura empreendedora do município, destacando o turismo como potencialidade. “Santo Ângelo tem potencial para o desenvolvimento tecnológico na área do turismo. É preciso incentivar empresas transformadoras e elas surgem dentro das universidades. É na universidade que se encontram potencialidades para transformar projetos em realidade e sistemas capazes de mudar a matriz produtiva dos municípios”, afirmou Aranha.
Sobre o conceito de cidades inteligentes, o palestrante citou exemplos de aplicativos fáceis de desenvolver e que terão repercussão na economia local. “A governança local tem importância nesta transição, inovando e tomando a linha de frente para os avanços tecnológicos do município. Exatamente o que está acontecendo em Santo Ângelo. Por meio da tecnologia podem-se resolver muitos problemas de uma cidade, inclusive os sociais”, argumentou.
EMPREENDEDORISMO
O secretário do Planejamento, Jorge Tonetto, responsável pela organização dos eventos incentivando a inovação, juntamente com a coordenadora do programa no Governo Municipal, Helenice Reis, anunciou para o período de 31 de agosto a 2 de setembro o Curso Imersão em Empreendedorismo.
Tonetto informou que o curso é uma realização do Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA/RS) e Besouro Agência de Fomento Social, em parceria com o Governo de Santo Ângelo e apoio da ACISA, CDL, Sindilojas, URI, CNEC Santo Ângelo e Instituto Federal Farroupilha (IFFar).
Fotos: Fernando Gomes