Conscientização sobre coleta seletiva terá caráter permanente

Conscientização sobre coleta seletiva terá caráter permanente

11 de junho de 2018 0 Por prefeiturasa

Lançamento aconteceu no Brique da Praça, marcando a retomada das campanhas de educação ambiental para a correta separação do lixo

A Secretaria Municipal do Meio Ambiente (SEMMA) lançou no domingo pela manhã, no Brique da Praça Leônidas Ribas, uma campanha permanente de conscientização para a separação correta dos resíduos domésticos, com a finalidade de reduzir os impactos ambientais e de garantir mais renda às famílias que trabalham na reciclagem.

O lançamento, inserido na programação da Semana do Meio Ambiente 2018, que tem o slogan “Pequenos gestos. Toneladas de diferença!”, contou com a presença do secretário municipal do Meio Ambiente, Francisco da Silva Medeiros, da promotora de Justiça Paula Mohr, do diretor da SEMMA Antônio Cardoso, da direção da Associação do Brique da Praça, do coordenador da Defesa Civil local, Adelar Cavalheiro, do coordenador do Movimento Comunitário de Santo Ângelo, Clodoveo Miguel da Rosa, representantes da Associação de Reciclagem e Educação Ambiental Ecos do Verde, e ambientalistas.

Na oportunidade, o secretário lembrou a importância da coleta seletiva para a redução dos impactos no meio ambiente, com a diminuição de retirada de matérias-prima da natureza, geração de economia de água e de energia, e redução da disposição inadequada do lixo. “Além disso, é fonte de renda para os catadores. Fatores que justificam o engajamento e a consciência da população para a separação correta do lixo seco”, assinalou Medeiros.

Em entrevista à RadioCom, a promotora de Justiça Especializada de Santo Ângelo, Paula Mohr, declarou que o Ministério Público tem acompanhado a coleta seletiva no município com atenção e enalteceu a retomada das campanhas de conscientização pelo Governo Municipal, depois de alguns anos sem trabalho externo de orientação à comunidade.

Autoridades e ambientalistas aproveitaram o movimento do Brique da Praça Leônidas para a distribuição de materiais informativos sobre a necessidade da coleta seletiva e os dias e horários do recolhimento de resíduos domésticos por bairros, lembrando que a população é fundamental no processo. “A preservação do meio ambiente começa com pequenas atitudes diárias, que fazem toda a diferença. Uma das mais importantes é a reciclagem do lixo doméstico. A reciclagem economiza recursos naturais e financeiros, gerando renda para os cooperados da Ecos do Verde, que dependem dos resíduos sólidos descartados para o sustento de suas famílias”, concluiu Medeiros, lembrando que 36 famílias atuam na triagem do lixo.

Conforme o secretário, a partir de agora será intensificada as campanhas junto às escolas de Santo Ângelo, com a realização de palestras, debates e distribuição de material impresso de orientação sobre a correto separação do lixo.

Fotos: Fernando Gomes