Grupo de Estudos ‘Violência de Gênero’ reiniciou atividades com painel sobre Rede de Proteção

Grupo de Estudos ‘Violência de Gênero’ reiniciou atividades com painel sobre Rede de Proteção

16 de março de 2018 0 Por admin

O primeiro encontro do Grupo de Estudos Violência de Gênero, realizado quarta-feira (14) na URI Santo Ângelo, teve como temática a Rede de Proteção à Mulher em Santo Ângelo.
O grupo é coordenado pela professora Lizete Dieguez Piber, coordenadora da área de Ciências Humanas da URI e docente do curso de Psicologia.

Foi realizada uma mesa de debate com a Coordenadora da Patrulha Maria da Penha da Brigada Militar, sargento Márcia Ruchel, com a Delegada da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), Elaine Maria da Silva, com a titular da Coordenadoria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (CMM), Simone Vargas Lunkes, e com o juiz de Direito da 2ª Vara Criminal do Fórum de Santo Ângelo Carlos Adriano da Silva.

Para a delegada Elaine, a rede de proteção à mulher permite um diálogo aberto e franco entre diversas frentes que atuam no município. Precisamos trabalhar integrados para fornecer mais suporte para a comunidade. Coordenadora da CMM, Simone afirmou que incluir a comunidade no debate é o principal modo de transformar a realidade em que as pessoas estão inseridas.

O juiz Carlos Adriano abordou as questões e conflitos enfrentados pelo poder judiciário em casos de violência doméstica. Já a Sargento Ruchel reforçou que o trabalho da Brigada Militar é o de sempre evitar a próxima vítima.

A coordenadora do grupo, professora Lizete Piber, destacou a importância dos debates e denúncias abordadas, como feminicídio, homofobia, machismo, dentre outras.  “Nosso objetivo é oportunizar o diálogo, como no caso da rede de proteção à mulher com a Universidade”, afirmou. Os encontros são quinzenais, e acontecem às quartas-feiras, na sala de grupo do Prédio 3.