Santo Ângelo segue as negociações pela instalação de uma unidade da Havan

Santo Ângelo segue as negociações pela instalação de uma unidade da Havan

27 de fevereiro de 2018 0 Por admin

Uma comitiva santo-angelense composta pelo Prefeito Jacques Barbosa, Presidente da Câmara, Everaldo de Oliveira, Secretário de Indústria e Comércio, João Baptista e pelo Presidente do COMUDE, Diomar Formenton, esteve nesta segunda-feira (26) nas dependências do Grupo Havan, em Brusque/SC, para reiterar o interesse em contar com a instalação de uma unidade da loja no município.

Recebida pelo diretor de expansão do Grupo, Nilton Hang, a comitiva discorreu sobre as potencialidades econômicas e turísticas do município, frisando o fato de Santo Ângelo ser a cidade polo da região, que congrega cerca de 400 mil habitantes.

“A reunião foi muito promissora visto que conseguimos dialogar e demostrar as potencialidades do nosso município. Assim que soubemos do interesse da Havan em se instalar no Estado iniciamos as negociações. Vamos seguir articulando e estamos bem otimistas visto que o Grupo afirmou querer investir na região”, destacou o Prefeito Jacques Barbosa.

Segundo informações repassadas durante a reunião, ainda não há previsão para a instalação das 50 unidades no Estado. Até agora, o Grupo anunciou apenas duas das 50 cidades gaúchas que abrigarão o investimento.

De acordo com o Presidente da Câmara, o diretor da Havan garantiu que, em breve, Santo Ângelo receberá a visita de representantes do Grupo. “A reunião foi muito positiva. Estamos otimistas, uma vez que Santo Ângelo passa a ser avaliada. Isso ainda não garante a instalação da Unidade, mas é o início para a aquisição deste importante empreendimento”, afirmou o Chefe do Legislativo.

Atualmente o Grupo atua em 15 estados brasileiros e possui 12 mil funcionários, com uma média de 150 colaboradores por unidade. A expectativa da empresa é que até o fim deste ano, pelo menos quatro cidades gaúchas contem com novas unidades do Grupo, chegando a um total de 15 mil funcionários.
Fonte: Ana Lunardi/Câmara de Vereadores